5 formas como o Feminismo tem te intoxicado (1)

toxic-employees-pre-hire-assessments

Por que precisamos falar sobre Feminilidade Bíblica?

Há uma semana participei do “Ciclo de estudos sobre Cosmovisão Cristã” na 2ª IPB de Marília, onde falei sobre feminilidade bíblica. Falar sobre Feminilidade é sempre um grande desafio, mas é também uma oportunidade ímpar.  Você já deve ter se dado conta de que esse tem sido um tema recorrente no meio cristão e graças a Deus, as mulheres têm sido amplamente equipadas com bons materiais sobre este assunto. Fico imensamente feliz em ver que as igrejas têm se preocupado em abordar assuntos relacionados a Feminilidade Bíblica. Mas, por que precisamos falar sobre feminilidade bíblica? Para responder a essa pergunta, precisamos avaliar o meio em que vivemos.

Em seu livro Feminilidade Radical, a Carolyn McCulley afirma que nós somos uma geração que convive com a poeira radioativa de uma mudança sísmica. Geralmente quando um fenômeno assim ocorre, os efeitos são sentidos à longo prazo na saúde e na qualidade de vida da população afetada. Essa mudança prejudicial é silenciosa e gradativa, porém tragicamente prejudicial. A mudança sísmica que nós enfrentamos é o Feminismo. Há algumas décadas a bomba feminista estourou e fez um estrondo, depois as coisas foram se acalmando, parecia até que o Feminismo havia morrido, mas, na realidade, ele estava criando raízes. Havia sido dada a largada para as profundas mudanças sociais que se seguiriam, mudanças estas que hoje eu, com meus vinte seis anos, consigo perceber, mas foram anos até que eu me desse conta disso.

Nós convivemos e aspiramos diariamente as toxinas do Feminismo, isso é tão natural que nem sempre percebemos; inconscientemente, nossa mentalidade foi moldada e condicionada a pensar de determinada forma; o Feminismo tem se tornado o status quo em nossa sociedade e nós precisamos sobreviver a esse pensamento tóxico. O primeiro passo para isso é perceber e reconhecer como temos sido influenciadas por ele.

 Será que não existem outros assuntos pertinentes para a mulher? 

Sim, existem, a Teologia é útil para todo o cristão e a maior necessidade da nossa alma é conhecer a Deus, isso deve ser buscado por meio do estudo da Palavra e todos os aspectos que a envolvem, seja numa sala de seminário ou num cômodo de sua casa. Certamente há uma imensidão de assuntos a respeito dos quais podemos e devemos ler e estudar. Há toda uma Teologia pronta para ser aprendida e devemos nutrir profundo interesse por isso, meu desejo é e sempre será para que haja mais mulheres na Teologia e mais Teologia nas mulheres.

Precisamos falar sobre Feminilidade porque ela é parte da nossa Teologia. Como disse Elisabeth Elliot: “O fato de ser mulher, não me torna um tipo diferente de cristã. Mas, o fato de ser cristã, me faz um tipo diferente de mulher”.

“Mais de quarenta anos após o início da ‘liberação das mulheres’, entendidos dizem que nós hoje vivemos numa era pós-feminista. O feminismo é o padrão. Nós o respiramos, pensamos nele, assistimos a ele, o lemos. Quando um conceito permeia tão amplamente uma cultura, é difícil dar um passo atrás e vê-lo operando. O feminismo alterou profundamente o conceito em nossa cultura do que significa ser uma mulher.”

Nós aspiramos o Feminismo todos os dias, ele é tão parte daquilo que conhecemos e aprendemos que nem sempre conseguimos perceber o quão presente ele está em nossa cultura e o quanto influencia nossos pressupostos e conclusões. Mesmo nós, cristãs, que rejeitamos o rótulo “feminista”, temos absorvido inconscientemente muito de suas ideias, “como a água está para o peixe, o feminismo está para o mundo em que vivemos! Ele está em toda parte ao nosso redor.” (Carolyn McCulley)

Uma vez que temos vivido em um ambiente tão intoxicado pelo pensamento feminista, é indispensável que falemos sobre Feminilidade Bíblica, pois esse é um meio de desintoxicação. A repetição é um meio didático muito eficiente, nós somos assediadas a todo momento por pensamentos feministas, por isso, em contrapartida, precisamos ouvir continuamente o que a Bíblia tem a dizer sobre feminilidade. Fomos doutrinadas pelo Feminismo, talvez até mesmo dentro de casa, ouvindo nossas mães e tias dizendo coisas como: “Trabalhe para não depender de homem” ou “Menina, estude para ser alguém na vida”. Precisamos falar sobre feminilidade bíblica porque temos aspirado essa poeira tóxica ao longo dos anos e ela tem nos afetado enquanto mulheres e enquanto cristãs.

Quando eu nasci, o Feminismo já havia deturpado o sentido da verdadeira feminilidade e se não fosse a influência firme e bíblica da minha mãe, talvez hoje eu fosse feminista. Deus foi misericordioso, apesar disso, creio que cada uma de nós carrega em si um pouco de feminismo, daquele feminismo que começou lá no jardim do Éden. Por isso, o caminho para a “desconstrução” requer tamanho empenho e repetição.

O Feminismo está no ar e nós não podemos sair por aí sem uma máscara protetora – devemos blindar a nossa mente levando cativo todo pensamento que se opõe à obediência a Cristo (2 Co 10:5) – a Palavra de Deus é essa “máscara” que nos mantém incontaminados do mundo.

Esse texto não é para feministas, é para mulheres cristãs, como eu e você, que repudiam o rótulo feminista, amam ao Senhor, mas que ingenuamente andaram durante anos por essas ruas sem máscara e agora estão se dando conta do quanto o Feminismo influenciou sua saúde mental e emocional. Todas nós carregamos no pulmão um pouco de poluição feminista, por isso precisamos falar sobre Feminilidade Bíblica. Que Deus nos ajude a reluzir nesse mundo de trevas.

Continua…

No Amor de Cristo,

Prisca Lessa

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s