#Devocional: Mateus 7:1-5

GRAÇAS-A-DEUS-FOTO-01

“Eu era cego e agora vejo”, essa é a conclusão de todo cristão. Enquanto mortos em nossos delitos permanecíamos cegos para a realidade de Cristo e de nós mesmos. Curados de nossa cegueira, passamos a ver a nossa miséria e essa visão nos impele a correr desesperadamente para Cristo, nosso Salvador.

Mas, agora, curados, entramos num longo processo de tratamento, pois a nossa cegueira era tão grave que ela exige luz constante sobre os nossos olhos para que não deixemos de enxergar. Cristo nos dá essa luz: a Sua Palavra. Ela é o remédio diário para os nossos olhos fragilizados pelo pecado. Ela impede que retornarmos à cegueira de outrora e, por isso, deve ser aplicada diariamente.

Quando negligenciamos esse santo remédio, gradativamente passamos a enxergar mal. Leva tempo até nos darmos conta de que a nossa visão está se tornando obscurecida novamente.

Aquelas misérias que antes enxergávamos e nos impeliam a correr para Cristo se tornam cada vez menos perceptíveis, ao passo que as misérias do outro se tornam cada vez mais visíveis.

É um fenômeno estranho. Essa deformação na córnea espiritual diminuiu a nossa visão para  perto e aumenta a nossa visão para longe. Somos capazes de enxergar o argueiro no olho de um irmão à quilômetros de distância e incapazes de ver a trave bem diante dos nossos olhos!

O pior de tudo é que essa deformação na córnea espiritual é tão sutil que pode ser facilmente confundida com SANTIDADE. Sim, é possível pensarmos que estamos nos tornando mais santos por enxergarmos cada vez menos pecados em nós e mais pecados nos outros.

Ah, mas o Médico dos médicos – o Oftalmo dos oftalmos -, aquele que dá vista aos cegos tem outro diagnóstico para essa deformação, Ele a chama de HIPOCRISIA. Sim, Ele nos ensina que um dos graves efeitos da negligência à leitura bíblica e meditação nas Escrituras é que deixamos de enxergar os nossos pecados e falhas e, em contrapartida, passamos a enxergar cada vez mais os pecados e as falhas dos​ outros​.

Ele é duro em Seu diagnóstico: “Hipócrita, tira primeiro​ a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro do olho do teu irmão” (Mt 7:5)

Mas, como tirar a trave desse olho que já não consegue ver corretamente?! A solução é nos voltarmos para a lâmpada dos nossos pés, a luz do nosso caminho: a Palavra de Deus. Somente ela é capaz de trazer luz a olhos obscurecidos e fazer com que enxerguemos corretamente, a começar em nós.

Cristo nos curou de nossa cegueira, contudo, precisamos de remédio diário para nos mantermos sãos. Como o curado que deseja manter-se cada vez mais distante da doença, apliquemos a Palavra diariamente aos nossos olhos para que enxerguemos cada vez melhor.

Soli Deo Gloria.

No Amor de Cristo,

Prisca Lessa

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s