Você é o que você pensa.

o-woman-decision-facebook

“Porque como pensa em sua alma, assim ele é” (Provérbios 23:7)

Você é capaz de dizer quais pensamentos têm ocupado sua mente nas últimas semanas? Nos últimos dias? Nas últimas horas?

Quais pensamentos estão ocupando sua mente neste exato momento enquanto você lê este texto?

Talvez eu deva perguntar de outra forma:

Como você tem se sentido ultimamente? Desanimada? Frustrada? Cansada? Apática? Animada? Alegre?

Nós dificilmente prestamos atenção naquilo em que pensamos, mas os nossos pensamentos são importantes, pois, o tipo de pensamento que nutrimos reflete diretamente em nossas emoções e ações diárias. Se você puder identificar o tipo de pensamentos que tem nutrido com maior frequência perceberá que tais pensamentos têm refletido em suas emoções. Isso é tão real que a Bíblia insiste para que estejamos atentos aos nossos pensamentos (Mt 6:33; Rm 12:2; 2 Co 10:5).  Toda ação, seja ela boa ou má, começou com um pensamento.

Se penso constantemente em algo, meus sentimentos se voltam para isso e à medida que isso acontece, minhas ações se tornam reflexos desses sentimentos.

Em Filipenses 4:2-9 Paulo trata de algumas dificuldades que a igreja de Filipos estava enfrentando: problemas de relacionamentos (v.2-3); falta de alegria e ansiedade (v.4-7). Diante dessas dificuldades a solução apresentada foi:

“Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento”.

Em outras palavras, o apóstolo Paulo mostrou aos filipenses que a solução para vencer os problemas deles devia começar com uma mudança de pensamento. Eles deveriam buscar reconciliação para restaurar os relacionamentos, deveriam se alegrar, deveriam orar para vencer a ansiedade, mas nada disso seria eficaz se seus pensamentos não fossem transformados.

Talvez você esteja tentando mudar sua postura diante das circunstâncias da vida, talvez você ore bastante pra que Deus te ajude a vencer as ansiedades e preocupações da vida ou sentimentos ruins. Mas o ponto é:

Seus pensamentos têm honrado a Deus?

Um exemplo simples disso é quando carregamos algum tipo de mágoa em relação a alguém e oramos para que Deus nos ajude a perdoar, depois de orar nos sentimos aliviados, mas com o passar do tempo, parece que a oração não surte mais efeito. O problema não está na oração. A oração requer mudança de mente. Se oramos e continuamos nutrindo pensamentos que geram ressentimentos, nossas orações se tornam vãs. Não há como vencer qualquer sentimento se não vencermos antes nossos pensamentos.

Isso se aplica a tudo em nossas vidas, nunca conseguirei confiar em alguém enquanto não parar de nutrir pensamentos de desconfiança. Não conseguirei confiar em Deus enquanto não parar de pensar que Ele não tem poder pra cumprir Suas promessas. Por vezes nos sentimos deprimidos não por aquilo que está acontecendo, mas por aquilo que estamos pensando. Então, a pergunta é: No que você tem pensado?

Pensar corretamente é tão eficaz que Paulo compartilha seu próprio testemunho no mesmo capítulo 4 de Filipenses. Ele afirma que aprendeu a viver contente em todas as circunstâncias (v.11), não eram mais as circunstâncias que comandavam seus sentimentos, mas a certeza que nutria em seus pensamentos: “Tudo posso naquele que me fortalece” (v.13), esse é o tipo de pensamentos que devemos nutrir. Encher a nossa mente com a Palavra de Deus.

Devemos orar, devemos cuidar de nossas ações, mas nada disso será eficaz se não mudarmos nossos pensamentos, se não formos transformados pela Palavra de Deus. Devemos trocar os nossos pensamentos pelos pensamentos de Deus. Essa é a chave para uma vida de contentamento e abundância.

Esse meu último ano de faculdade foi bastante intenso pra mim. Sempre que pensava no TCC me vinham pensamentos do tipo: “Não vou conseguir entregar”, “Está todo mundo terminando, menos eu”, “Meu trabalho está horrível”. Quanto mais pensava nisso, mais ansiosa e deprimida me sentia, o reflexo disso em minhas ações é que eu fiquei estagnada por um bom tempo, não conseguia escrever mais (e comia sem parar!). Meus pensamentos influenciaram meus sentimentos e logo minhas ações foram afetadas.

Ao invés de insistirmos em pensar naquilo que produz ansiedade em nós, o apóstolo Paulo nos aconselha a pensarmos naquilo que nos trará paz. O que te traz paz? A lista d apóstolo Paulo é a seguinte:

– Tudo o que é justo

– Tudo o que é puro

– Tudo o que é amável

– Tudo o que é de boa fama

– Tudo o que é virtuoso (se alguma virtude há)

– Tudo o que é louvável (se algum louvor existe)

Comece a analisar seus pensamentos à luz desta lista. Se seus pensamentos passarem por esses critérios, então são dignos de ocuparem sua mente, senão, lance-os fora, pois eles não te beneficiarão em nada, pelo contrário, só irão roubar sua paz. Uma coisa é fato, a Palavra de Deus passa por todos esses critérios, então, em suma, se ocupe mais em meditar naquilo que a Palavra de Deus diz.

“Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas cousas vos serão acrescentadas” (Mt 6:33)

O que tem te inquietado? Talvez essa inquietação não seja por falta de oração, mas por falta de pensamentos que edifiquem, que tragam paz e confiança. Jeremias disse: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança”, então, ele recitou: “as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se a cada manhã. Grande é a tua fidelidade” (Lm 3:21-23). Pensar nas misericórdias de Deus lhe trouxe paz. Medite na palavra de Deus, se deleite em suas promessas, tenho certeza que suas emoções serão reordenadas e colocadas no rumo certo.

Esse princípio também se aplica aos pecados contra os quais lutamos. Talvez haja pecados contra os quais você tem lutado, orado, jejuado, mas de tempos em tempos eles ressurgem e você se sente fracassada (o). Será que Deus não tem ouvidos suas orações ou elas têm sido fracas demais? Certamente Deus tem ouvido suas orações e concedido forças para que você vença essas tentações, mas avalie se sua mente não tem sido campo pra pensamentos impuros que te fazem desejar pecar vez após vez. Pense corretamente!

Por mais estranho que possa soar, devo dizer que se você se sente alegre hoje, essa alegria é motivada menos pelas circunstâncias e mais pelos seus pensamentos. Porque amanhã as coisas podem continuar exatamente iguais e a sua alegria evaporar repentinamente. Da mesma forma, se você se sente triste ou desanimada (o), sua tristeza tem muito mais a ver com os seus pensamentos do que com acontecimentos externos. Apesar disso, nossa tendência (pecaminosa) é sempre colocar a culpa de nossos sentimentos e ações em outros. Mas diante de Deus somos tão responsáveis por nossos pensamentos e sentimentos quanto somos por nossas ações. Se ocupe mais com as circunstâncias que você não pode mudar e mais com seus pensamentos sobre os quais você tem pleno controle. Lembre-se eu você aquilo que você pensa.

“Porque como pensa em sua alma, assim ele é” (Provérbios 23:7)

Não importa o que aconteça em sua vida é você quem decide como essas circunstâncias te afetarão. Algo muito bom pode acontecer (coisas boas acontecem o tempo todo), mas se diante disso você continua mantendo pensamentos negativos, por melhor que seja o acontecimento, você continuará se sentindo pra baixo, o contrário também é verdadeiro, algo ruim pode acontecer, mas se você mantiver qualquer dificuldade. Veja a reação de Habacuque diante da expectativa de que o dia da angústia lhes sobreviria: “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no Senhor, exulto no Deus da minha salvação. O Senhor Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corça, e me faz andar sobre os meus lugares altos” (Hb 3:17-19)

O problema não está naquilo que acontece ou que deixa de acontecer, mas na forma como conduzimos nossos pensamentos e sentimentos diante das circunstâncias.

Quanto menos pensamos nas coisas de Deus, em sua Palavra, em suas promessas, mais nossos pensamentos se tornam nocivos e autodestrutivos e tendem a nos empurrar para o abismo emocional e até nos conduzir a atitudes das quais provavelmente iremos nos arrepender. Atitudes de ira são consequências de sentimentos de ira, a vingança nunca surge do nada, ela resulta de ressentimentos. Jesus disse que sentimentos são equivalentes a ações: se você deseja uma mulher ou homem que pertence a outrem, você já adulterou, se você odiou alguém, você já matou. Isso porque antes do adultério se tornar uma ação, ele começa em um pensamento, que gera um sentimento (o desejo) e então, não satisfeito ele produz uma ação, o ato consumado (veja o adultério de Davi com Bate-Seba). Da mesma forma, ninguém mata alguém por amor, (se amasse não mataria !), primeiro nascem pensamentos maus, que geram sentimentos maus (ódio) e então, o ato é consumado (veja o caminho percorrido por Caim antes de matar seu irmão Abel).

Por isso, pergunto novamente: No que você tem pensado?

Não é fácil controlar nossos pensamentos (não mesmo!), Deus sabe disso, mas Ele não nos deixou sem auxílio. Temos o Espírito Santo de Deus que nos auxilia em nossas fraquezas, além disso, Sua Palavra nos orienta a levar “todo pensamento cativo á obediência de Cristo” (2 Co 10:5); te incentivo a fazer a apresentar diante de Deus seus pensamentos e orar pedindo que Ele te auxilie a vencer seus pensamentos por meio da Palavra e a controlar suas emoções. Mais do que isso, que o Espírito Santo te conduza, te lembrando diariamente de tudo aquilo que é bom, justo, puro, amável, louvável, virtuoso. Pense nisso 😉

No Amor de Cristo

Prisca Lessa

Advertisements

2 thoughts on “Você é o que você pensa.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s