Deus se importa com vestidos!

image

Meu lembro vagamente, mas meu pai conta esta história como ninguém. Durante minha infância, minha avó materna morou um tempo, todas as tardes ela me chamava para orarmos juntas no quarto, passávamos sempre cerca de 1 hora orando, eram momentos muito bons e aprendi muito com ela. Lembro claramente de uma tarde em que ela me falou da importância da oração, que deveríamos pedir a Deus o que precisamos por menor que seja, pois Deus é também nosso Pai  (minha vó sempre foi uma mulher de muita fé e oração), assim sendo, ela disse para eu pedir a Deus algo que quisesse, sendo uma menina de 4 anos, o que eu poderia pedir? Pedi logo um vestido bem bonito e ela disse:
– Então, vamos pedir a Deus que te dê um lindo vestido Prisca.
Oramos sobre o vestido e sobre outras coisas costumeiras e voltei a brincar, mas lembro-me dela dizendo que Deus responderia a minha oração, mesmo sem saber quando. Pois bem, nesse meio tempo (essa é a parte dele), meu pai havia emprestado um dinheiro a um colega de trabalho há bastante tempo e ele nem se lembrava mais e exatamente naquele dia, o colega resolveu pagar a dívida. Meu pai, que não esperava pelo dinheiro, ficou grato e contente, afinal um dinheiro a mais é sempre bem vindo. Na volta para casa ele resolveu fazer um trajeto diferente do habitual, resolveu ir pelo centro. Enquanto passava observou numa vitrine um lindo vestido e ele pensou:
– Ah, que vestido bonito, parece ser o tamanho da Prisca.
Ele entrou na loja para ver se havia meu tamanho, HAVIA!
– Bom, já que eu recebi esse dinheiro extra que não estava esperando, vou levar este vestido para ela – decidiu.
E lá se foi meu pai, feliz de volta para casa.
Imagine a minha surpresa quando abri o embrulho e me deparei com o vestido, minha primeira reação foi chamar minha vó. Ah, foi demais, lembro que contamos ao meu pai sobre a oração da tarde e ficamos muito contentes, depois minha vó me chamou para que orássemos agradecendo e ela me mostrou, como Deus responde pequenas orações. Aquele foi um dia único e especial!
Ah, como Deus é bom, SIM, Ele é nas grandes e nas pequenas coisas, Ele é o Deus dos lírios e também dos elefantes; concede vestidos a menininhas e saúde a pacientes em estado terminal, SEGUNDO a força da sua glória.
Se nós sendo homens maus sabemos dar boas coisas aos nossos filhos, disse Jesus, quanto mais o nosso Pai que está no céu, Ele não nos dará aquilo que necessitamos? Veja bem, não estou dizendo aqui que Deus tem o dever de suprir os nossos caprichos, de modo algum. Deus se responsabiliza em glorificar o seu nome. Ao nos proteger e dar o que precisamos Ele é glorificado, mas se pedirmos algo e não recebermos, certamente Ele já tem um modo maior e melhor de ser glorificado através de nós. Haverá momentos em nossa vida em que Deus será mais glorificado se não recebermos vestido algum, mas eu louvo a Deus porque naquela tarde Ele me ensinou uma lição preciosa, mesmo sendo apenas uma criança, entendi que se Deus é poderoso para dar grandes coisas, porque perder a oportunidade de pedir-lhe pequenas coisas também? Aos olhos humanos eu cresci, mas para Deus eu ainda sou uma menininha (mesmo com 20 anos a mais), e talvez hoje eu ainda queira vestidos (sim, eu quero!) a diferença é que por algum motivo eu deixei de orar por eles, talvez porque ache que não preciso pedir já que posso comprar, ah, mas um pai sempre se alegra em dar. Deveríamos ser menos independentes nas pequenas coisas, deveríamos orar mais pelo pão nosso de cada dia, olhar mais para os lírios do campo e pedir a Deus que nos vista como veste a eles, tamanha formosura que dinheiro nenhum é capaz de comprar.
Se dependêssemos mais de Deus, gastaríamos menos, mas não sabemos esperar, o cartão vai antes da fé e da oração. Talvez alguém não pare na sua porta com um vestido, mas há de ser que o gerente daquela loja decida entrar  com uma promoção, ou há de ser que quando as estações mudarem, aquele vestido ainda esteja lá porque Deus o guardou pra você! Isso não é um milagre? É! Sempre que Deus te dá (de uma forma ou de outra) aquilo que você precisa, isso é algo a ser celebrado. Deus se importa com as pequenas coisas, sempre ouço testemunhos de pessoas que não tinham nada e queriam se casar, de repente elas tinham exatamente o que precisavam, por que?! Porque Deus não está preso em um templo se importando apenas com “coisas espirituais”, ele se importa com panos de pratos também (foi Ele quem os criou)! Às vezes buscamos Deus só para as coisas espirituais e ” o restante eu tomo conta”, então, talvez, antes de sair por aí “tomando conta”, você devesse orar mais a fim de saber o que Deus quer que você faça com o salário que Ele te dá ou como você pode esperar mais antes de sair gastando à toa e orar mais e gastar menos. Além disso, Deus deseja nos ensinar a depender dele em todos os aspectos da nossa vida, porque mesmo quando achamos que podemos fazer, só podemos porque Ele nos permite. A nossa falta de petição revela nosso senso de independência enraizados no orgulho, ninguém gosta muito de pedir, ter que depender de outro. Mas quando Deus ordena que peçamos, Ele deseja destruir o ego, o velho Adão em nosso coração,essa sujeição resulta em bênçãos para as nossas vidas, por o Deus Todo Poderoso também se importa com orçamentos, com a provisão das formigas, e principalmente, se importa com você, clame a Ele apresente suas necessidades, sejam elas quais forem, seja na hora da prova (se você se preparou pra ela), seja numa entrevista de emprego, não seja independente, ore pelo “vestido” e deixe que Deus decida qual será a forma que Ele usará para glorificar o seu nome!
“Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura? E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam; E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé? Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” Mateus 6:25-34
Por fim, quero deixar o trecho de uma pregação que ouvi a algum tempo que me marcou muito, ela nos fala da grandeza de Deus, temos um visão tão pequena do nosso Deus, achamos que Ele só cabe dentro de um templo, que Ele só se limita a coisas espirituais, mas a Bíblia diz que os céus proclamam a glória de Deus. Tudo o que existe foi Deus quem fez, gosto de dizer que Deus foi o primeiro estilista do mundo, pois quando Adão e Eva pecaram, Ele matou um animal e fez roupas para eles, Deus não se limite aos assuntos religiosos, Deus nos fala em sua Palavra sobre política, sobre agricultura, sobre tarefas domésticas, sobre arquitetura, astronomia, poesia, música tudo o que faz parte da vida do homem é importante para Deus, Ele nos criou assim com necessidades que Ele mesmo deseja suprir. Que o Pai nos ajude a enxergar sua Graça e beleza em todas as coisas e saber que podemos contar com Ele tanto na hora de dobrar os joelhos quanto na hora de ir ao supermercado!
“Deus não se preocupa apenas com missões, não se preocupa apenas com viver radicalmente por Jesus. Não apenas com estas coisas. Ele se preocupa com ela. Um dia minha esposa e eu estávamos partindo do campo missionário, era nossa primeira ou segunda vez em casa como casal. E antes de partirmos, minha esposa disse: ‘Quando chegarmos aos Estados Unidos, eu posso comprar alguns souvenirs?’. Eu não sabia do que ela estava falando. Ela disse que eram lembrancinhas, patos, vacas, e outras coisinhas pequenas. E eu disse: ‘Bem, com certeza. Quer dizer, quanto isso poderia custar? Não deve ser tão caro.’ Então nos fomos para Gatlinburg e percebi que poderíamos comprar um animal de verdade com o dinheiro que gostaríamos comprando algumas dessas lembrancinhas. Ela saiu da loja sem dizer nada, não reclamou, não chorou, simplesmente ficou em silêncio. Não tínhamos dinheiro o bastante pra isso. Bem. Na semana seguinte fui convidado para pregar no oeste do Tennessee, o pastor que nos convidou tinha uma espécie de despensa, ela estava cheia , de caixas fechadas, ele e sua esposa nos disseram que tinham reformado recentemente a casa pastoral e que haviam separado algumas duas caixas cheias de coisas que não iriam mais precisar e nos disseram que caso gostassemos de alguma delas, poderíamos ficar. Minha esposa sentou-se sofisticadamente na borda da cama, até que eles saíram e nos deixaram sozinhos na sala, então, ela rasgou a caixa como um gato selvagem (haha) e então ela começou a chorar. Eu pensei: ‘O que tem nessa caixa?’. Ambas as caixas enormes estavam cheias de souvenirs. Agora ouça, talvez a única coisa que preocupa você seja missões, sofrer por Jesus e plantar igrejas. Mas o Deus que você serve anda tão longe de você, porque as vezes simplesmente Ele não é tão “espiritual” quanto você é. Ele se preocupa em dar souvenirs e cortinas.” (Paul Washer)
Deus também se importa com as nossas meninices rs.
Com amor,
Prisca

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s