Dono dos Meus Dias

Eu sempre achei LINDA a letra desta música, declarar que Deus é dono dos nossos dias, dono da nossa existência é realmente algo muito lindo! Mas será que nós vivemos o que cantamos e cantamos aquilo que vivemos?

Será que Deus tem realmente sido o dono dos meus dias? Ou dono de alguns deles?

Tenho aprendido muito sobre Davi e se antes eu o admirava, hoje o admiro ainda mais, ele passou por tempos muito difíceis, mas não deixou que as circunstâncias o moldassem, Ele confiou a sua existência nas mãos do Deus Todo-Poderoso.

Texto: 2 Samuel 2:1 – 11

Pra nós entendermos melhor o que estava acontecendo aqui, precisamos ter em mente que em I Samuel 16, Deus retira o trono de Israel das mãos de Saul porque ele o desagradou e fez o que o Senhor desaprovava, e escolheu Davi para ser rei de Israel, então, o profeta Samuel foi até a casa de Jessé pai de Davi e o ungiu, conforme Deus havia ordenado.

15 anos se passaram depois disso e Davi ainda não era rei. Nesse período ele foi perseguido por Saul, pois ele queria matá-lo porque sabia que o trono estava destinado a Davi. Ele teve que viver como fugitivo por muitos anos, mesmo sendo inocente, mas por causa da promessa que Deus tinha feito a Ele.

Então, chegamos a essa passagem de 2 Samuel onde está morto (em I Samuel 31:3 – 6) vemos como ele morreu. Gente, se eu fosse Davi, nesse momento (ao saber desta notícia) eu daria pulos de alegria, eu ia dizer: Glória a Deus, até que enfim aquele que me afligia morreu, finalmente vou viver em paz e ser rei de Israel. Aleluia! Mas como Davi já havia sido moldado por Deus em todos esses anos, não foi o que ele fez (2 Sm 1:11 – 12 ), pelo contrário, ele rasgou as vestes e se lamentou pela morte do seu inimigo ele chorou e jejuou. Ele sentiu profunda tristeza em seu coração porque sabia que Saul fora escolhido por Deus e que até aquele momento ele tinha sido rei de Israel e ele lamentou a morte do seu rei.

Passado algum tempo (v.1) da morte de Saul, Davi perguntou ao Senhor:

– Devo ir para uma das cidades de Judá?

Quando eu leio isso, meu coração fica esmagado, fico imaginado o coração de Davi cheio de expectativas de que aquele poderia ser finalmente o tempo pelo qual ele tanto esperou. Ele poderia tomar seu exército e aproveitar que não havia ninguém reinando e tomar o poder porque ele tinha forças pra isso. Davi poderia, mas não o fez, ao invés disso ele chega como uma criança a Deus e pergunta:

– Senhor o que eu devo fazer agora? – eu diria: Davi está na cara o que você deve fazer, vai lá e brilha! Chegou a sua vez meu querido! Mas não era essa a vontade de Deus.

A primeira lição que tiro aqui é que quando perguntamos a vontade de Deus, devemos estar dispostos a ouvir, e a vontade de Deus muitas vezes é contrária ao que esperamos, mas é aí que devemos escolher entre Obedecer a Deus ou fazer segundo a nossa visão.

Deus respondeu a Davi:

– Sim – opa, essa poderia ser a deixa de Davi. Você já deixou Deus falando sozinho? Essa era a oportunidade perfeita pra Davi fazer isso, tomar o sim de Deus e ir direto pra Jerusalém! Mas Davi queria a vontade de Deus completa em sua vida então ele humildemente perguntou:

– Para qual das cidades devo ir? – e então o Senhor lhe disse: Hebrom.

Davi poderia simplesmente contentar-se com aquele sim e escolher para onde iria, mas ele sabia que Deus era o dono dos seus dias e não ele. Sua vida, seus caminhos escolhas estavam totalmente entregues a Deus.

Davi fez conforme a palavra de Deus e tomou sua família e seu exército e voltou pra Israel – não como rei, assim como desejava.

Mas no v. 4 vemos que os homens de Judá FORAM a Hebrom e ali onde ele estava, ungiram Davi rei da tribo de Judá! Olha que tremendo isso!

– A obediência traz honra! – talvez você pense: ah, mas Judá não é nada comparada a Israel, mas quando Davi foi para Hebrom, ele não foi pensando que se tornaria rei, ele foi pra obedecer a Deus e Deus fez com os homens fosse até ele.

– Quando confiamos nossa vida a Deus, as coisas vêm até nós, não precisamos ficar lutando, correndo atrás das coisas como filhos sem pai, porque servimos a um Deus que é Pai e Senhor de todas as coisas!

Eles foram até Davi, sem que Davi precisasse fazer nada.

v.4b e 5 Davi honrou o povo de Jabes-Gileade porque eles havia enterrado Saul, Davi nunca disputou o trono com Saul, porque sabia que não precisava fazer isso.

– Saul perseguiu e brigou com Davi porque sabia que já tinha perdido (Saul era inseguro).

– Davi nunca mediu forças com Saul porque sabia que já tinha vencido (sua segurança estava em Deus)

Por isso, Davi abençoou os homens daquela cidade por seu ato de bondade para com Saul, mesmo depois de morto Davi honrou a Saul, porque não tinha razões para disputar com ele.

– Quando confiamos nossa vida ao Dono dela, não precisamos ficar brigando com ninguém, disputando, mostrando que somos melhores, porque Deus se encarrega de fazer isso por nós. O próprio tempo de Deus se encarrega de nos colocar onde é nosso lugar!

– Você está exatamente onde Deus te colocou para estar. Judá não é um lugar mau, não é castigo, Judá foi o primeiro dos muitos territórios onde Davi reinaria e olha que MARAVILHA, Davi não poderia imaginar, mas de onde veio o Messias?

Da tribo de Judá! – Davi era da tribo de Judá e seu reinado teve início ali.

Não havia acasos nos planos de Deus na vida de Davi, assim como não há acasos nos planos de Deus pra sua vida:

NÃO HÁ ACASOS NOS PLANOS DE DEUS PRA MINHA VIDA

– Deus não faz NADA sem propósitos, acredite! Mesmo que tudo pareça errado, confuso e fora de lugar. Você está exatamente onde Deus te colocou para estar!

Então, as coisas pareciam estar caminhando bem para Davi, a partir de Judá ele poderia facilmente ir conquistando os outros territórios até chegar à ascensão, não é mesmo?! NÃO, não nos planos de Deus!

O v. 8 diz que enquanto todas essas coisas aconteciam lá em Judá Abner, filho do comandante do exército de Saul, tomou Is-Bosete o único filho que restara de Saul e o proclamou rei sobre TODO o Israel!

Dá pra acreditar numa coisa dessas?! Quando parecia que as coisas estavam finalmente dando certo de novo! Eis que surge Is-Bosete, Numa situação dessas eu diria: “Isso é um levante!” Como assim?!

Mas Deus, o Senhor não prometeu a Davi que lhe daria o trono de Saul? Então, o que esse cara está fazendo aí? Atrapalhando toda a História?

Eu sentiria tanta raiva de Is-Bosete! Mas sabe o que Davi fez? NADA, ele continuou reinando em Judá. Mas por que Davi não fez nada? E a promessa de Deus? A promessa continuava. Deus não disse a Davi quando Ele reinaria e geralmente Deus não nos diz os “quandos” a gente vai vivendo pela fé até alcançar a promessa, nisso crescemos! Davi viveu o tempo de Deus, se aquele não era o tempo de Deus, do que adiantaria ficar lutando contra? Viva o tempo que Deus tem colocado pra você viver HOJE! Você pode não querer estar (reinando) em Judá, mas se é ali que você está então esteja por inteiro e não pela metade. Claro que seria melhor reinar sobre Israel, mas essa não era a realidade do momento.

Temos uma dificuldade imensa em entender existe o tempo de Deus, mas não é possível alcançá-lo passando por cima do tempo no qual estamos inseridos.

“Façam isso, compreendendo o tempo em que vivemos. Chegou a hora de vocês despertarem do sono”  (Romanos 13:11)

– Viva cada momento, sem desprezar o aprendizado que ele traz. Não menospreze esse tempo de Deus pra você!

– Não deixem que as circunstâncias te parem! Só porque uma coisa não está dando certo, não significa que você tenha que parar tudo o que está fazendo em função disso. Abandonar o reino e se afugentar até que as coisas fiquem do jeito como você quer não é a solução! Continue reinando onde você está!

O reinado de Is-Bosete durou apenas dois anos, mas Davi reinou por SETE ANOS e 6 MESES em Judá, ou seja, apesar da morte de Is-Bosete, Davi continuou esperando a ordem de Deus para reinar.

Desde quando foi ungido por Samuel até tornar-se rei de Israel, Davi esperou 22 anos e 6 meses, mas em momento algum ele desistiu. Ele permaneceu fiel ao Senhor. Em 2 Samuel 5 vemos o cumprimento da promessa do Senhor a Davi!

E o resumo que Deus me trouxe de tudo isso é que:

– Vale à pena confiar em Deus. Não importa o que aconteça, não importa o quanto demore! Deixe Deus ser o dono dos seus dias, não fique lutando, tentando fazer as coisas acontecerem no seu tempo, confie no tempo de Deus, pois ele é perfeito!

Aquilo que conquistamos com as nossas mãos pode ser facilmente tirado de nós (não há garantia), mas aquilo que recebemos de Deus é para sempre!

“E riquezas e glória vêm de diante de ti, e tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder; e na tua mão está o engrandecer e o dar força a tudo.”
(1 Crônicas 29:12)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s